<$BlogRSDUrl$>

Bocoio 

A comunidade paroquial do Município do Bocoio encerra o jubileu. O momento mais alto é marcado pela celebração eucarística neste de Outubro, no espaço da paróquia para homenagear os 50 anos da sua existência. Segundo o padre André Francisco Dias, pároco actual, a caminhada teve início no dia 6 de Janeiro com uma adoração que antecedeu a missa de abertura celebrada pelo padre Eduardo Alexandre, vigário geral. No dia 20 de Setembro, o padre João Baptista Kumandala marcou presença com o tema “o Jubileu na história da Igreja”. A pequena igreja do município foi construída e dedicada à Nossa Senhora de Fátima, na então Sousa Lara. O nome passou a Missão do Bocoio, vindo a chamar-se Nossa Senhora do Rosário. A pedido dos católicos locais Dom Daniel Gomes Junqueira criou paróquia com a provisão de 21 de Junho de 1958 e nomeiou o padre Isidro Mendes seu primeiro pároco a quém se seguiu o padre Timótio Xavier Elias Prazeres ambos goeses. O primeiro angolano que assumiu o comando da paróquia foi o padre Ambrósio João Dimas. Por força do conflito armado a assistência ficou interrompida, vindo a retomar-se em 1991 com a nomeação do padre Ezequiel Faria como administrador paroquial que depois ficou substituído pelo padre Ernesto Hamuyela. Actualmente a comunidade é assistida pelos padres André Dias tendo como vigário paroquial o padre Francisco Fiqueira e uma comunidade de Irmãs Filhas da Virgem das Dores liderada pela Irmã Celestina Ngonga.

Comments: Enviar um comentário

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

DIOCESE DE BENGUELA