<$BlogRSDUrl$>

Aborto 

Padre Geraldo Amândio Ngunga defendeu na Faculdade de Teologia San Damaso, em Teologia Moral, o estudo da dimensão pública do aborto a partir da Evangelium Vitae, nº 59. O padre discertou depois do estudo histórico-análitico, a qualificação do aborto como "estrutura do pecado".
O aborto segundo a tese ultrapassa a responsabilibilidade dos individuos e assume uma dimensão fortemente social, "é uma ferida gravissima infligida à sociedade e à cultura", escreveu. Neste sentido, o presbítero apontou como urgência a necessidade da conversão a fim de que se recupere, uma cultura solidária que defenda a vida de todos e de cada um. Segundo ele, é querida a transformação das estruturas da vida económica, "para se realizar uma verdadeira conversão de mentalidades e corações", citando o nº 47 da Rei Socialis.
Padre Geraldo que agora é esperado em Benguela, é sacerdote diocesano. Está na Espanhã, há 4 anos. No dia 24 de Junho de 2008 com o trabalho Bioética no contexto negro-africano Bantu, conseguiu o titulo de estudos avançados em Bioética e Biojuridica, na Universidade Rei Juan Carlos, na catedral de Bioética da UNESCO. Geraldo é Filho de Amândio Tchipunda e de Helena Tchimbwa, padre desde 1996 e natural da Ganda.


Comments: Enviar um comentário

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

DIOCESE DE BENGUELA