<$BlogRSDUrl$>

Segunda Assembleia Ordinária dos Bispos de Angola e São Tomé 


     
              A Conferência Episcopal de Angola e São Tomé reforçou, durante a sua Segunda Assembleia Geral Ordinária que decorreu em Luanda de 14 a 21 do corrente mês de Novembro de 2012, abordou diversas questões, depois da leitura e análise dos relatórios das Dioceses e Arquidioceses e a aprovação da Mensagem sobre «Família e Cultura». Outrossim a emissão da Nota Pastoral sobre a problemática da feitiçaria e sua implicação na pastoral, um assunto que está a preocupar a Igreja Angolana.
            O fenómeno ameaça a fé cristã nos dois países, segundo as conclusões da Segunda Assembleia Plenária da CEAST. Por isso, os Bispos reconheceram a necessidade de se investir na formação bíblico-catequética dos fiéis, para fazer face aos “inúmeros desafios impostos pelo fenómeno em causa”. Desafios aliados a outros males culturais como a crença em feitiçaria e o regionalismo, factos que “ensombram a fé dos cristãos” já denunciados pelo Papa Bento XVI na sua mensagem a quando da visita Ad Limina dos Bispos de Angola e São Tomé e Príncipe em Roma. Para fazer face à realidade, os Prelados exortam pela necessidade de maior esforço de conversão dos fiéis. Os Bispos ainda alertaram a todos os féis católicos que doravante venham a ser apanhados nas malhas da feitiçaria, ou seja, serão punidos com interdição ou suspensão temporários “todos aqueles fiéis leigos, religiosos e religiosos e sacerdotes que recorram e fomentem a prática da feitiçaria”.


Comments: Enviar um comentário

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

DIOCESE DE BENGUELA